Como enfrentar conflitos? parte final

VI. Estabeleça regras para o tratamento do conflito. Se os gladiadores do MMA têm regras para aquele derramamento de sangue, quanto mais nós!

Regra 1: Sem raiva: Raiva desperta raiva. Raiva intimida. Raiva coloca as pessoas na defensiva. A raiva estimula a mentira.

Regra 2: Sem gritos: Certa vez em uma reunião muito tensa, sem alterar a voz em nenhum momento disse a um senhor de idade descontrolado: Se o senhor não conseguir falar sem gritar, eu convido a que saia da sala porque nós não vamos continuar essa reunião. Foi o que ele fez, foi embora e nunca mais voltou. É tenso, mas necessário.

Regra 3: Sem ofensas deliberadas. Aquele tipo de delicadeza: “seu sem vergonha”, “ignorante”, “burro” e outros impublicáveis jamais ajudarão a busca de uma solução.

Regra 4: Sem silêncio. Ninguém pode ficar escondendo sentimentos, nem questões delicadas. Tudo deve ser colocado em cima da mesa. É deslealdade e perpetua o problema ficar quieto sobre assuntos importantes no momento da reunião e depois seguir falando sobre eles quando a reunião terminou.

Regra 5: Um problema de cada vez. Quando iniciamos falando de um mal entendido de palavra e daqui a pouco deixamos a questão para falar da discordância sobre a posição política da pessoa com a qual estamos discutindo é certo que vamos perder o rumo.

Regra 6: Se tudo falhar procure um mediador imparcial para administrar a questão.

VII. Não envolva pessoas demais na questão, só aquelas que forem absolutamente necessárias.

VIII. Procure entender a razão dos conflitos. Algumas delas podem ser:

Temperamento. Em um cenário cabeludo o Sanguíneo acha que o Colérico é duro demais nas suas palavras, o Colérico crê que o Melancólico foge dos problemas, o Melancólico acredita que o Fleumático não se importa com nada e  o Fleumático acha que o Sanguíneo é um falastrão. Em caso como estes um pouco de aceitação dos estilos pessoais ajuda muito.

Comunicação. Falar pouco, não explicar, se expressar mal ou não falar podem causar grandes problemas em qualquer lugar.

Ressentimento. Quando as pessoas não perdoam, elas vão causar problemas. Qualquer movimento do alvo da amargura será interpretado como um ataque ou mal intencionado. Uma pessoa ressentida é uma bomba relógio!

Visão. Quando você está em uma organização, você está debaixo de uma visão em termos de estratégia e valores. Se você acha que não pode se adaptar, não permaneça naquele lugar, você vai lutar contra a essência e a razão de ser daquele lugar. Não perca tempo.

Intransigência. Se quisermos chegar a algum lugar é preciso ceder. Uma mente fechada perpetuará um estado de conflito constante que se manifestará em todo o lugar que você for. Se todo mundo tem problema com o João, então o João é o problema!

Luta pelo poder. Às vezes tudo que está em jogo é: quem dá as cartas aqui! Quando a liderança é fraca a equipe pode entrar nesse esquema.

Falta de habilidades relacionais: Pessoas que não conseguem se avaliar jamais chegarão a um acordo! Neste caso tudo que resta é repreender firmemente a pessoa em questão não permitindo que ela continue a fazer danos.

IX. Procure sempre o “ganha – ganha”. A princípio todos devem ganhar. Especialmente em organizações socializadas em que todos são voluntários. As relações devem ser marcadas pela busca de um acordo que possa beneficiar as duas partes.

X. Não abra mão dos princípios da Palavra para fazer a paz. Veja bem o que está em jogo. Se for o seu orgulho: pise em cima dele. Se for um princípio fundamental da Palavra, firme-se sobre ele. O Senhor batalhará por você.

Você tem lutado limpo em seus conflitos?

Um abraço quebra costelas

O discípulo gaudério

 

(1)    Provérbios 17:14

(2)    Provérbios 25:9

(3)    Mateus 18:15

(4)    Provérbios 18:13

(5)    Provérbios 26:4

(6)    Provérbios 22:10

(7)    Provérbios 19:19

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s