Será que eu preciso de um avivamento?

“Mas o pai disse a seus servos: ‘Depressa! Tragam a melhor roupa e vistam nele. Coloquem um anel em seu dedo e calçados em seus pés. Tragam o novilho gordo e matem-no. Vamos fazer uma grande festa e alegrar-nos. Pois este meu filho estava morto e voltou à vida; estava perdido e foi achado’.“

Lucas 15:22-24

“Avivamento é o Espírito Santo enchendo um corpo prestes a se tornar um cadáver.”

D. M. Panton

people-praying-for-revival3

Os cristãos abusaram da graça. Ela se tornou álibi para o pecado, em lugar de recurso para a luta contra o mal que há em nós e fora de nós. Como o filho esbanjador, tomamos o que era nosso e fomos viver entre os porcos.

Mas Deus tem sempre o melhor para nós. Não duvide nunca disso. É na casa do pai que há dança, roupas novas, anel no dedo, calçados nos pés e bezerro cevado.

Mas a gente se esquece rápido, e acabamos fazendo nossas incursões pelo submundo sem sair geograficamente do templo ou da regra usual dos crentes. Só que lá dentro o espírito acusa o golpe!

Então cabe a pergunta: será que preciso de um avivamento? Leia e pense!

Se desobedeço a Palavra clara e manifesta de Deus e não sinto dor nenhuma por causa disso, então eu preciso de um avivamento.

Se a viver para Deus é para mim uma obrigação pesada e não um deleite, então eu preciso de um avivamento.

Se não lembro de ter ouvido a voz de Deus nos últimos tempos, então eu preciso de um avivamento.

Se quem está a minha volta não recebe da minha boca uma palavra de utilidade para a vida espiritual, então eu preciso de avivamento.

Se Jesus não domina minha admiração, afeto e atenção, então eu preciso de um avivamento.

Se a experiência de desânimo, queixa e descontentamento é uma constante em minha vida, então eu preciso de um avivamento.

Se a oração e apenas uma repetição robótica de palavras aprendidas, então eu preciso de um avivamento.

Se falar mal dos outros se tornou  um hábito incorrigível no qual ocupo meu precioso tempo, então eu preciso de um avivamento.

Se a dor e o sofrimento das pessoas nesse mundo imenso não povoa minhas preocupações, e minhas ações, então eu preciso de um avivamento.

Se me sinto permanentemente vazio e abandonado por Aquele que um dia disse que jamais me abandonaria, então eu preciso de um avivamento.

Se não percebo, nem choro a decadência, que permeia o mundo ao meu redor, então eu preciso de um avivamento.

Se não movo um dedo por ninguém que não seja da minha família, então eu preciso de um avivamento.

Se estou mais indignado com o pecado dos outros do que com o meu, então eu preciso de um avivamento.

Se tudo que existe de verdade para mim é minha casa, minha saúde, meu trabalho, minha família, meu conforto, então eu preciso de um avivamento.

Mas se eu me levantar e voltar para a casa do Pai, então haverá um avivamento.

Em oração.

O discípulo gaudério.

Um pensamento sobre “Será que eu preciso de um avivamento?

  1. Palavra muito edificante e clara, tem algumas coisas que preciso ser mais avivada mexeu muito comigo e ja comecei a orar e pedir a Deus que avive meu coração ainda mais para fazer a diferença nesse mundo e que se cumpra o seu plano em mim com mais unção, essa é minha oração. O Fabiano por sua vida ter trazido essa palavra para igreja que Jesus te abençoe, um abraço.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s