Como domar um potro chucro?

Acordo pela manhã.

Abro as janelas..

Deixo o cachorro sair.

Faço um suco de limão.

Tomo o medicamento para a hipertensão.

Preparo meu chimarrão.

Sento para ter um tempo com Deus e estendo a mão para pegar o celular que guarda as canções de adoração que selecionei para o devocional diário.

Tudo certo na minha sacrossanta rotina.

Procuro os fones que tornam esse hábito mais recluso e não os encontro. Como deixei em lugar certo, sei que alguém deve ter pego sem avisar.

Em apenas dois segundos fico possesso… de ira.

Todo o clima bucólico celestial se transforma em um furacão descontrolado cuja realidade só eu percebo. Resolvo o problema.

Sento a mesa e logo penso: tanto por tão pouco!

O texto do profeta Jonas então ribomba na minha alma quase que instantaneamente: É justa essa tua ira? (1)

Pelos teus fones?

Pelas coisas fora do lugar?

Por alguém que não te olhou?

Pela tua porção que foi esquecida?

Porque teu sangue não ferve o suficiente quando não cumpres tuas promessas?

Porque não ferve quando a injustiça não é contigo?

Sinto vergonha e peço perdão. Outra vez a Palavra me derruba desse potro selvagem que se solta porteira a fora de vez em sempre.

Para completar a sova de laço me deparo com essa frase de Dietrich Bonhoeffer nas páginas do meu livro:

“Senhor, mesmo que nos dês a beber o cálice amargo do sofrimento, cheio até as bordas, nós o aceitamos gratos e sem tremer, pois ele vem de tuas mãos boas e amadas.”

O fato de saber que essas palavras foram escritas com sangue só aumenta o impacto dentro de mim e me desconserta.

Sei que o morrer de Jesus também inclui coisas menos heroicas do que lutar contra o nazismo. Coisas do tipo: não dar razão a si mesmo tão rapidamente.

Talvez seja essa atitude descuidada que acabe nos custando relacionamentos queridos ou tenha manchado sua história de uma forma que você lamenta até agora.

A ira é sedutora, e se apoia em três argumentos falsos para tomar conta da situação:

  1. sou incontrolável
  2. preciso sair agora e
  3. posso resolver seus problemas imediatamente.

Os pesquisadores nos informam que: “Com ira, o sangue flui para as mãos, tornando mais fácil pegar uma arma ou golpear um inimigo; os batimentos cardíacos aceleram-se, e uma onda de hormônios como a adrenalina gera uma pulsação, energia suficientemente forte para uma ação vigorosa.”

Nessa hora a frase de Deus a Jonas pode ter o poder de desmontar essa bomba atômica: é justa essa tua ira?

Pergunte muitas vezes quando a bomba estiver pronta para ser detonada ou aguente as consequências.

Um abraço quebra costelas.

O discípulo gaudério.

(1)  Jonas 4:9

3 pensamentos sobre “Como domar um potro chucro?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s