4 situações que podem te fazer forte ou um cachorro louco!

“Se você vacila no dia da dificuldade, como será limitada a sua força! ”

Provérbios 24:10

Todo mundo é um santo  quando não é incomodado.

Sabe aquele pit bull que permaneceu anos com um olhar pachorrento?

Ele matou a vovó a quem cuidava!

Esse cachorro louco pode ser você. E algumas situações são as melhores para nos tirar do sério e revelar o que somos.

O lado bom é que elas podem nos preparar para vencer.

  1. Divergência total de opinião.

Eu creio que a Bíblia é a revelação de Deus para os homens, você crê que ela é um livro humano e genocida!

Eu acredito na Dilma e sua inocência (isso é uma hipótese), você acredita que ela é o câncer da política brasileira!

Eu acredito que a pobreza é um problema social, você acredita que a pobreza é um problema pessoal!

Será que ainda podemos conviver? Andar juntos?

Em um Brasil dividido, a divergência é uma prova de fogo.

A cusparada está virando moda!

Sou capaz de desacordo sem agressão? Sou capaz de enxergar a pessoa para além de uma opinião infeliz, desinformada, ou melhor informada?

Sou capaz de conviver sem isolar? De combater ideias sem descartar pessoas?

Não podemos reduzir as pessoas a uma opinião. Nem todo o que discorda de nós é mau caráter.

  1. Fora do namorado.

Talvez nada mexa tanto com a gente como ser rejeitado estando apaixonado. Compramos perfume, reservamos tempo na nossa agenda, selecionamos palavras como quem procura ouro, oferecemos na vitrine nossa melhor mercadoria, mas não foi suficiente. Dói para valer, eu sei.

Mas o discípulo de Jesus tem recursos para superar.

Vou transformar quem me rejeitou em um monstro? Isso seria amargura.

Vou revelar os segredos contados enquanto estávamos juntos? Isso seria covardia.

Não vou aceitar um novo relacionamento? Isso seria controle.

Vou me atirar no primeiro abraço que se oferecer? Isso seria dependência.

O fracasso de um relacionamento pode ser o degrau para novos e abençoados relacionamentos.

  1. Ataques a reputação.

Você recebe reportes de que estão falando mal de você. Que seu trabalho não é aprovado e que seus motivos estão sendo questionados.

Tem gente que não permanece em lugar algum a razão disso.

Bom, vamos acabar com as ilusões de unanimidade:

Tem gente que sorri, mas não gosta de nós.

Tem gente que gosta da gente e não gosta do que fazemos.

Tem gente que lê erradamente nossas intenções, com tendências para o mal.

E tem gente que gosta da gente, mas não está nem aí para o fato de que nossa reputação seja destruída.

É hora de ser forte, de criar músculos interiores pela graça de Deus. Talvez reverter tendências e permanecer inteiro apenas com o que Deus diz de você.

Se for embora porque estão falando mal de você, o mundo não será grande o suficiente para percorrer!

  1. Prosperidade dos amigos.

A prosperidade dos amigos pode fazer o pecador desavisado afundar no lodo fétido da inveja.

Alguns chegam a ver fantasmas, para justificar seu incômodo com o sucesso daqueles que estão próximos. Veem desprezo, orgulho. Mas tudo que há, é inveja.

Se você puder se alegrar com um amigo que voa em uma área em que você apenas engatinha, meu amigo, você conquistou um país!

Um abraço quebra costelas.

O discípulo gaudério.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s