Ver de perto e ver de longe

Não se perca nos detalhes. Eles dizem alguma coisa, mas estão longe de dizer tudo.

Você precisa ter visão panorâmica.

Ver de longe. A proximidade as vezes cega.

A vida familiar é a principal vítima da falta de perspectiva. Embora não seja a única.

Os irmãos de Jesus e o povo de Nazaré, custaram a ver a Cristo como o Homem.

Afinal, haviam jogado bolinha de gude com ele, andado de carrinho de rolimã, soltado pipa no outono e visto ele tirar um tampão do dedo jogando futebol em uma sexta-feira de verão escaldante.

Eles andaram tão perto dele, que nem perceberam sua grandeza.

Às vezes a família é a última fronteira do reconhecimento.

Astigmatismo puro.

Enxerga-se maravilhas na casa do vizinho, enquanto o diamante bruto está apenas alguns metros de distância.

Você pode azedar por falta de perspectiva.

Alguns precisam perder tudo para entender que tinham tudo.

A batalha dos ajustes cotidianos, das negociações por espaço, das implicâncias viciosas, da resposta automatizada pode esconder a contrapartida do cuidado, da preocupação, do serviço mútuo, da companhia silenciosa, da história construída.

Você briga com seu marido e joga no holofote da alma aquela hostilidade de hoje de manhã. Você é tomada pelo pensamento: ele é um homem tosco!

Naquela manhã, você teve um curto-circuito mental, e esqueceu que na noite anterior, ele foi buscar um cobertor porque você estava com frio, e trouxe o medicamento para sua dor de cabeça.

Mas sua mente congelou. Ele agora é apenas um brucutu.

Sequestrados pela ira, nós não queremos os argumentos da razão e da sabedoria. Precisamos legitimar a raiva. Ter a certeza de que estamos certos.

Então um dia você soma essa playlist do dia a dia e conclui: esse casamento foi um erro!

Isso mataria qualquer relacionamento, pois a verdade é que não somos uma coisa só, somos muitos, no mesmo dia.

Sou forte para dizer não a um filho, e fraco para andar de avião.

Sou capaz de discernir problemas das pessoas, mas completamente descapacitado para me localizar em qualquer cidade.

Sou gentil pela manhã, e uma patrola pela tarde.

Como serei visto? Como verei as pessoas?

É preciso escolher ver de perto e ver de longe! Para ver toda a história.

O mesmo Pedro que faz a confissão teologicamente correta: “Tu és o Cristo, filho do Deus vivo. ”  É o mesmo que diz a Jesus: “Não conheço esse homem”.

Quem é o verdadeiro Pedro?

Jesus sabia que eram os dois.

Foi isso que possibilitou que ele se tornasse o grande líder dos apóstolos após a ressurreição.

Se as pessoas florescerão ao seu redor ou não, dependerá da sua capacidade de ver de perto e ver de longe.

Um abraço quebra costelas.

O discípulo gaudério.

 

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s